Digite sua palavra-chave

post

A Importância do Fisioterapeuta no combate a  Pandemia do novo Coronavírus

A Importância do Fisioterapeuta no combate a Pandemia do novo Coronavírus

Compreenda como funciona e qual é a importância da atuação do  Fisioterapeuta durante a pandemia do novo coronavírus:

A Covid-19 é uma doença causada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que representa um quadro clínico que varia de infecções assintomáticas a quadros respiratórios graves. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 80% dos pacientes podem ser assintomáticos e aproximadamente 20% dos casos pode demandar de atendimento hospitalar por por apresentarem respiratória e nesses casos, de acordo com o ministério da saúde 5% podem necessitar de suporte de tratamento de insuficiência respiratória (suporte ventilatório).

Os  sintomas do coronavírus podem ser confundidos com um simples resfriado ou até uma pneumonia severa, e os sintomas mais comuns são: tosse, febre, coriza, dor de garganta e uma dificuldade muito grande ao respirar, oriunda de uma inflamação nos pulmões, devido a esse fato os pacientes entram em falência respiratória muito rápido. Desse modo, a fisioterapia possui um papel fundamental tanto no início do tratamento quando na recuperação de um paciente que contraiu a COVID-19.

Como trata-se de uma doença respiratória com diferentes níveis de complexidade, necessitando, na sua representação mais grave, do uso de respiradores artificiais. E, apesar de não ser nosso domínio específico, mas no entanto uma parte do processo, em sua maioria nas UTIS brasileiras, quem faz a programação e os demais ajustes deste aparelho é o fisioterapeuta intensivista.

O fisioterapeuta brasileiro está na linha de frente dos cuidados respiratórios avançados, baseado pelas melhores evidências científicas. vale lembrar que é de suma importância que esse profissional que está na linha de frente, seja especialista na área para gerir o tratamento da melhor forma possível, pois uma ventilação mecânica mal conduzida, como qualquer outro tipo de tratamento pode acarretar graves prejuízos, inclusive culminando na morte do paciente. A atuação do Fisioterapeuta nesta pandemia não se limita somente a ventilação mecânica.

Dentro do ambiente hospitalar, uma assistência fisioterapêutica é importante, e ela é iniciada na chegada do paciente ao hospital, a abordagem terapêutica deve ser individualizada, os procedimentos aplicados requerem avaliação e reavaliações frequentes, o que exige muita atenção dos profissionais envolvidos.

Mediante a gravidade respiratória dos pacientes e o risco de constante de contaminação dos profissionais, a rotina de trabalho nesse ambiente se torna mais desgastante física e emocionalmente. Entretanto essa pandemia evidenciou a importância do fisioterapeuta na terapia intensiva, promovendo o reconhecimento da sociedade  geral e dos gestores em saúde. 



Conteúdo Relacionado

Sem comentários

Adicione seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat
Olá! Seja bem-vindo(a). Se tiver alguma dúvida, me procure. Estou a disposição para te ajudar.