Digite sua palavra-chave

post

Nova diretriz europeia de insuficiência cardíaca: o que mudou?

Nova diretriz europeia de insuficiência cardíaca: o que mudou?

A cada 4 anos, a Sociedade Europeia de Cardiologia (ESC) renova suas diretrizes para o diagnóstico e tratamento da insuficiência cardíaca (IC). O Congresso Europeu de IC, ocorrido em Maio/2016, atualizou as diretrizes de 2012 da ESC. As principais novidades são a criação de uma nova subcategoria de classificação baseada na fração de ejeção do ventrículo esquerdo (FEVE), a inclusão do LCZ696 (sacubitril / valsartan) e melhorias relacionadas ao diagnóstico e tratamento da IC, tendo aumentado os capítulos de comorbidades, das clinicas de IC e de terapias não-medicamentosas.

Vamos fazer uma longa série de posts detalhando os principais pontos da diretriz. Para começar, ressaltamos os pontos mais importantes propostos pela diretriz:

  1. Sugestão de uma nova subcategoria específica para portadores de IC com FEVE entre 40 e 49% – esta categoria agora é chamada de IC com fração de ejeção limítrofe (ICFEL). Casos com FEVE abaixo de 40% são denominados de IC com fração de ejeção reduzida (ICFER). Isto porque a maioria dos trials que mostrou benefício de mortalidade com medicações randomizou pctes com FEVE<40%.
  2. Novo algoritmo para diagnóstico de IC – se FEVE<40%, está feito o diagnóstico de ICFER. Contudo, nos outros casos será necessário a associação de eco + BNP para dar o diagnóstico
  3. Inclusão do novo composto inibidor da neprilisina e receptor de angiotensina (ARNI) sacubitril / valsartan (LCZ696) – O LCZ696 é indicado como substituto dos iECAs em pacientes sintomáticos mas que já estão com o tratamento otimizado (I B).
  4. Ivabradina como segunda escolha de medicação antianginosa no paciente coronariopata – as diretrizes americanas colocam nitratos/bloqueadores dos canais de cálcio como segunda opção.

Referência: Ponikowski P, Voors AA, Anker SD, et al. 2016 ESC Guidelines for the diagnosis and treatment of acute and chronic heart failure: The Task Force for the diagnosis and treatment of acute and chronic heart failure of the European Society of Cardiology (ESC)Developed with the special contribution of the Heart Failure Association (HFA) of the ESC. Eur Heart J 2016.

Fonte: CardioPapers



Conteúdo Relacionado

Sem comentários

Adicione seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat
Olá! Seja bem-vindo(a). Se tiver alguma dúvida, me procure. Estou a disposição para te ajudar.
Powered by