Digite sua palavra-chave

post

Resultado da Eficácia da vacina do Butantan

Resultado da Eficácia da vacina do Butantan

Com a chegada da CoronaVac, vacina do Butantan, muitas informações deturpadas ou incompletas sobre a eficácia da imunização podem gerar diversas dúvidas na população, como questões sobre reações, entre outros.

Desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o instituto, a vacina, garante 78% de proteção contra casos de covid-19 leve que exigem atendimento hospitalar, e a imunização em 100% nos casos graves, com internações e mortes pela doença.

Para o Instituto, a eficácia revela o quanto a vacina pode proteger contra a doença em um todo, incluindo sintomas leves e que não exigem atendimento médico. Dentre as pessoas que pegaram a doença e foram vacinadas com a Coronavac, não houve nenhum caso grave, moderado ou internação hospitalar pós-vacinação, o que demonstra uma eficácia de 100%.

Como funciona a CoronaVac?

 A vacina do Butantan usa de um método tradicional e bem conhecido pelos cientistas. Por meio do vírus inativo, que foram expostos em laboratório ao calor e produtos químicos para não se tornarem capazes de se reproduzir. Por essa razão, o vírus não consegue nos deixar doentes. Dessa maneira o corpo gera uma resposta no organismo, uma memória de como nos defender de uma ameaça. Essa resposta começa logo após a aplicação da vacina.

A aplicação da vacina ocorre em duas doses, sendo a segunda entre 14 e 28 dias após a primeira aplicação. Além do Brasil, mais 4 (quatro) países farão uso da vacina chinesa Sinovac, os países são: China, Indonésia, Turquia, Chile.

Quem terá prioridade na vacinação?

O plano Nacional de Operação da Vacinação contra a Covid-19, os primeiros a serem imunizados, com as duas doses, são pessoas dos grupos prioritários, como:

  • Trabalhadores da Saúde;
  • Idosos a partir dos 75 anos ou mais institucionalizadas;
  • Povos Indígenas;
  • Comunidades tradicionais, ribeirinhas e quilombolas;

Após a fase inicial, a expectativa é concluir a imunização em até 12 meses. Porém o Ministério da Saúde registra que esse cronograma poderá ser reavaliado, visto que existem negociações em andamento.

Referências:

Coronavac é mais eficaz com intervalo maior entre doses, diz Sinovac

Apresentado plano para vacinação contra Covid-19 — Português (Brasil)



Conteúdo Relacionado

Sem comentários

Adicione seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat
Olá! Seja bem-vindo(a). Se tiver alguma dúvida, me procure. Estou a disposição para te ajudar.